Close

13 de outubro de 2019

5 dicas de pedra para calçada

A pedra para calçada já marca a sua identidade desde a entrada do seu imóvel.

 

Você pensa na pedra para calçada quando inicia um projeto de reforma ou construção? Se a sua resposta for não, então está na hora de mudarmos esse padrão, pois pensar em um como será a sua calçada, que tipo de pedra ela terá e, ainda, se terá algum projeto paisagístico junto é essencial para projetar algo que realmente deixe a sua marca desde a entrada do seu imóvel.

Nesse texto vamos falar sobre alguns tipos de pedras que você pode usar, além de alguns alertas importantes que você deve se atentar antes de iniciar o seu projeto. Vamos lá?

 

Antes de começar a sonhar sobre a entrada da sua casa ou do seu imóvel comercial, a dica mais importante é verificar na prefeitura da sua cidade quais são as regras aplicáveis para as calçadas do município.

Isso é muito importante, visto que os proprietários não podem simplesmente fazerem o que quiserem na parte da frente dos seus imóveis. Regras, como acessibilidade, largura e altura da calçada são alguns dos fatores que devem ser observados para evitar problemas futuros, tais como refazer a calçada e receber multas.

Vamos às pedras!

  • Granito

Existem no mercado granitos de vários preços o que facilita a sua escolha caso você não queira um material muito caro, mas não quer perder na qualidade, pois essa pedra possui excelentes características, como alta durabilidade, essencial para uma calçada.

 

  • Pedra Portuguesa

A pedra portuguesa é uma das opções ideais para calçadas. Com suas pedras em várias tonalidades, as mais famosas em preto e branco, elas podem agregar valor à sua calçada com desenhos e mosaicos feitos de acordo com a distribuição do material.

 

  • Pedra Goiana

As pedras goianas também trazem um diferencial para a calçada. Muito utilizadas para áreas de piscina essas pedras são fáceis de instalar o ajuda na finalização da obra.

 

  • Pedra Miracema

Muito resistente, a pedra Miracema é uma opção versátil para ser usada na calçada. Ela também é uma pedra com um valor atrativo para que não quer gastar muito.

 

  • Mármore

Se o objetivo é causar uma impressão de sofisticação desde a entrada do imóvel, por que não escolher o mármore. Embora o valor da pedra seja mais alto que os demais, o diferencial gerado por ela também será muito maior. Além da sofisticação, o mármore é uma pedra resistente e de excelente durabilidade.

 

Dica: Se você está pensando em fazer um jardim na frente do seu imóvel, planeje o projeto paisagístico junto com o da calçada para evitar que você tenha um gasto a mais para refazer parte da obra.

 

Agora que você conheceu algumas pedras que podem ser usadas na calçada, as regras que você deve verificar e avaliar na prefeitura da sua cidade, bem como a importância de fazer o projeto paisagístico junto com o da sua calçada para evitar gastos desnecessários é hora de partir para os orçamentos e identificar o que melhor de encaixa com o seu projeto.

Para conhecer mais sobre granitos e mármore, entre em contato com a gente. Ficaremos muito felizes em te ajudar!

E não se esqueça de compartilhar esse artigo nas suas redes sociais.  Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *